• Nathália Gouveia

O Facebook está caindo no esquecimento?

Dia 4 de Fevereiro de 2004 o Facebook foi criado por por Mark Zuckerberg e por seus colegas de quarto da faculdade Eduardo Saverin, Dustin Moskovitz e Chris Hughes.


A história do Facebook começa oficialmente em 4 de fevereiro de 2004, com o lançamento de um site chamado TheFacebook no campus de Havard. Com o sucesso, ele expande para Stanford, Columbia e Yale. Sem espaço no campus, a equipe se muda pra Palo Alto, Califórnia.


Em abril de 2006, a versão mobile da rede entra no ar e, pra pegar o público mais velho, ele libera a adição de conexões de trabalho. Em setembro finalmente entra no ar o feed de notícias com as atualizações dos seus amigos, e qualquer pessoa agora pode se registrar.


Que o Facebook foi e continua sendo um sucesso nas redes sociais, não podemos negar. A rede social está longe de entrar em decadência e ainda ganha muito dinheiro. Mas porque o seu número de usuários estão diminuindo cada vez mais?


Com muitas polêmicas, vazamento de dados, a falta de privacidade, entre outros, fez com que muitos usuários acessam menos a rede social ou até excluíssem.

No Brasil, vemos o declínio grande de usuários ativos na rede social.


Alguns pontos que justificam a saída de usuários, pensamos que podemos ser eles:

- A falta de privacidade e vazamento de dados;

- Se tornou rapidamente um espaço onde as pessoas despejam o ódio e isso fez com que o objetivo principal da rede se perdesse;

- "Conectar pessoas", era o principal motivo da criação da rede mas com o tempo, algumas redes sociais pegaram esse lugar, como o WhatsApp;

- A rede social não soube conquistar os jovens;

- Entre outros.


As empresas que não se adaptam a um novo ambiente, a um novo normal, tende a cair no esquecimento.

O Facebook é um grande exemplo disso, a rede social não conseguiu atrair os mais novos e envelheceu junto com os seus usuários. Muitos jovens nem chegaram a entrar, e os que tentaram foram os primeiros a abandonar a plataforma. Como todo mundo sabe, os jovens tendem a não querer estar na mesma rede social que seus pais.


Apesar da queda de usuários, as empresas não devem abandonar a plataforma.

"Ainda que o Facebook, enquanto marketplace, seja o lugar por excelência para obtenção de faturamento, porque as marcas estão lá. Como plataforma, ele permite de forma bem clara a presença de publicidade, cujo movimento é um fato interessantíssimo de olhar: ela vai estar onde estão as pessoas", diz Peres Neto.

Comentem aqui quais motivos vocês acham que foram os fatores prejudiciais para o número de usuários no Facebook, cair.



Cursos

Serviços

Premium (em breve)

A Cresça Mais

Contato

Ícone de endereço

Rua Joaquim Camilo Tavares, 420 - Varginha, MG

Clientes

Políticas de Entregas

Ícone WhatsApp

(35) 9 9736-8220

© 2017 - 2021 por Cresça Mais. Todos os direitos reservados. CNPJ: 18.370.892/0001-88
"A Educação transforma pessoas. Pessoas transformam o mundo!"